Associação Samaritano se une à Artemisia para fomentar negócios de impacto

No início de março, foi lançado oficialmente o Artemisia Lab Promoção da Saúde e Prevenção, uma iniciativa resultante do esforço conjunto da Associação Samaritano e da Artemisia – organização sem fins lucrativos pioneira no fomento a negócios de impacto no Brasil.

A parceria promete render frutos importantes na área da saúde. O Artemisia Lab Promoção da Saúde e Prevenção é um programa gratuito focado na aceleração de curto prazo. Seu objetivo é potencializar negócios de impacto social com soluções inovadoras na prevenção de doenças crônicas não transmissíveis (DCNT).

A participação da Associação Samaritano no projeto foi natural, pois a grande missão da entidade é a prevenção de doenças e promoção da saúde. Soma-se a isso a excelente oportunidade de apoiar iniciativas modernas que ainda não atingiram o seu ápice e que poderão escalar para impactar milhões de brasileiros.

Como funcionará o Artemisia Lab?

O fomento a negócios de impacto promovido pelo Artemisia Lab começou no início de março com um convite aberto a startups focadas na promoção da saúde e prevenção de doenças. Por meio de um formulário, as empresas podem se inscrever até o dia 15 de abril para ter a chance de conquistar uma aceleração com a ajuda do Lab.

Após o período de inscrições, serão selecionados até 15 negócios em estágio inicial para um programa de seis semanas. Workshops presenciais e atividades online vão proporcionar aos empreendedores uma moderna metodologia de aceleração idealizada pela Artemisia.

Até o mês de novembro, haverá um acompanhamento de até três startups de maior destaque dentre os negócios selecionados para participar do programa. Cada uma das startups escolhidas poderá receber até R$ 20 mil e contará com mentorias extras focadas em pontos essenciais para o avanço de suas soluções.

Quais são os critérios de seleção para o Artemisia Lab?

A escolha dos negócios que serão apoiados pelo Artemisia Lab vai se basear em seis critérios fundamentais. Veja quais são eles:

Impacto social: o foco em criar condições positivas para populações vulneráveis e de baixa renda é um dos requisitos para um negócio ser apoiado pelo Artemisia Lab.

Adequação à temática: produtos e serviços voltados à promoção da saúde e à prevenção de doenças crônicas não transmissíveis.

Escalabilidade: as soluções escolhidas devem apresentar potencial de escala, ou seja, soluções que possam, futuramente, atender milhares de pessoas.

Perfil do líder e da equipe: as pessoas envolvidas na startup são o coração da operação, por isso o Artemisia Lab busca times talentosos e com a intenção genuína de mudar o Brasil.

Grau de maturidade: o produto ou serviço oferecido precisa ter ao menos um protótipo já testado e em fase de validação da proposta de valor e do modelo de negócio.

Potencial de inovação: empresas com soluções inovadoras que possam proporcionar melhorias significativas na qualidade de vida dos brasileiros.

O que uma startup tem a ganhar com o apoio do Artemisia Lab?

A ampla experiência da Artemisia no fomento a negócios de impacto é o grande diferencial do Artemisia Lab. As empresas selecionadas receberão um apoio consistente, baseado na metodologia de aceleração que a Artemisia aperfeiçoa há anos. Veja quais são os outros benefícios do programa:

Modelo de negócio: o apoio na formatação de um modelo de negócio sólido é determinante para qualquer empresa que busca escalar. Além disso, o Artemisia Lab ajuda no refinamento do impacto social da solução proposta.

Curadoria de conhecimento: o Artemisia Lab oferece ferramentas e conteúdos bastante úteis a startups em fase de ascensão.

Conexão com especialistas: mentores da Artemisia e da Associação Samaritano proporcionarão aprendizados a respeito de negócios de impacto social, doenças crônicas não transmissíveis e outros temas relacionados a empreendedorismo e saúde.

Aporte financeiro: até três negócios que se destacarem no programa poderão receber o capital semente de R$ 20 mil e contarão com mentorias extras.

Rede Artemisia: todos os negócios selecionados integrarão a Rede Artemisia e poderão ampliar as suas conexões profissionais, com acesso garantido a eventos da Artemisia na área da saúde.

A dura realidade brasileira no combate às DCNTs

As doenças crônicas não transmissíveis (DCNTs) podem ser consideradas o maior desafio de saúde pública no Brasil. Doenças como câncer, diabetes, doenças respiratórias crônicas e doenças cardiovasculares são algumas das principais causas de morte no país e carecem de políticas públicas de prevenção que atenuem o seu impacto sobre a população.

Quando existe um diagnóstico precoce, as doenças citadas podem ser controladas, o que minimiza drasticamente as chances de óbito. O combate às DCNTs é, inclusive, pauta dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas. O ODS 3 (Saúde e Bem-estar) tem relação direta com as DCNTs: “assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todas e todos, em todas as idades”.

Existem alguns dos fatores que agravam a exposição dos brasileiros às doenças crônicas não transmissíveis. Entre eles, podemos destacar piores condições de trabalho, desemprego, insalubridade de habitações e baixo acesso a serviços públicos de qualidade. Todos esses aspectos se intensificam em períodos de crises econômicas e sociais.

Números de impacto das DCNTs no Brasil

As doenças crônicas não transmissíveis (DCNTs) têm um impacto extremamente significativo sobre a população brasileira. Alguns números demonstram isso de forma bem clara:

  • Mais de 57 milhões de brasileiros (40% da população acima de 18 anos) têm alguma DCNT;
  • 69% das mortes no Brasil são decorrentes de DCNTs;
  • 20% dos brasileiros são obesos e somente 24% da nossa população segue as recomendações da OMS para uma alimentação saudável;
  • 70% da população brasileira depende do Sistema Único de Saúde (SUS). Desde 2014, mais de 3 milhões de brasileiros perderam os seus planos de saúde;
  • US$ 7 trilhões foram gastos globalmente no combate às DCNTs entre 2011 e 2015. O valor inclui os custos de saúde e a perda de força de trabalho na economia.

Saiba mais sobre o Artemisia Lab!

O apoio a negócios de impacto social na área da saúde traz grande satisfação à Associação Samaritano. Por meio do Artemisia Lab, vamos potencializar empreendedores dispostos a atuar diretamente na transformação da dura realidade brasileira no combate às doenças crônicas não transmissíveis. Saiba mais sobre o projeto e, caso seja um empreendedor na área da saúde, faça a sua inscrição.

Fontes: OMS e Ministério da Saúde